/ Renda Fixa

O que é CDI e como ele impacta seus investimentos?

É bem provável que você, ao pesquisar sobre investimentos, já tenha visto essa sigla em algum lugar. Mas você sabe exatamente o que o CDI representa e como ele é importante nos seus investimentos? A gente te explica, lembrando que você pode conferir o resumo lá no final do texto!

Afinal, o que é o CDI?

Um Certificado de Depósito Interbancário (CDI) é um empréstimo que um banco faz a outro pelo período de um dia.

Um dia? Como assim?

di_wtf

Exatamente! Como os bancos não podem fechar o dia no vermelho, aqueles que tiveram mais saques do que depósitos são obrigados a recorrer a um empréstimo a outros que fecharam com saldo positivo.

Esta é uma determinação do Banco Central para garantir a liquidez (e segurança!) do sistema financeiro nacional - caso um banco tenha mais saques do que depósitos e, ao final do dia, tenha saldo de caixa negativo, ele precisa pegar dinheiro emprestado para cobrir este déficit.

Taxa DI x CDI

Antes de seguirmos adiante, é bom que esta confusão entre taxa DI e CDI seja esclarecida:

  • O CDI, conforme explicado ali em cima, é um título de dívida emitido por um banco, que empresta dinheiro a outro.
  • A Taxa DI é uma taxa divulgada pela antiga Cetip (agora B3) formada pela média das taxas cobradas nestes empréstimos interbancários.

Apesar da diferença, não se assuste ao escutar do seu assessor ou gerente que "o CDI está em Y %"- é bem comum, no mercado financeiro, se referir à taxa DI como CDI.

Hoje a taxa DI está em 6,39% ao ano, e você pode conferir este valor no site da B3.

Por que o CDI e a Selic andam juntos?

DI e Selic Juntos

Conforme vimos, os bancos não podem fechar o dia no vermelho, e por isso pegam dinheiro emprestado com outros.

Imagine agora que o seu banco, que chamaremos de Banco A, costuma fechar o dia com saldo. Para não deixar aquele dinheiro parado, ele resolve procurar formas de investí-lo. Pense nas seguintes opções:

  • A primeira opção é emprestar o dinheiro para o governo 🏛️, que paga a taxa Selic, através de títulos públicos.
  • A segunda opção é emprestar o dinheiro para o Banco B 🏦, que sempre fecha o dia com saldo negativo e, por isso, precisa tomar dívida.

De uma forma simplificada, para que você empreste dinheiro para o banco B 🏦, ele deve pagar uma taxa tão interessante quanto a Selic. Caso contrário, seria melhor emprestar esse montante para o governo 🏛️.

No entanto, se o CDI ficar muito mais barato que a Selic, os bancos pegariam dinheiro emprestado pagando o CDI e investiriam na Selic (fazendo uma operação chamada de arbitragem).

Por conta disso, o CDI e a Selic são sempre muito próximos, sendo o CDI dependente da taxa Selic.

Para se ter uma ideia, dá uma olhada em como o DI e a SELIC evoluíram de 2010 até meados de 2018.
Evolução DI e SELIC

A diferença entre o CDI e a SELIC hoje é de 0,11 pontos percentuais, visto que a SELIC está em 6,5% e o DI em 6,39%. Nem sempre foi assim. O gráfico a seguir mostra a evolução dessa diferença, também chamada de spread.
Spread DI SELIC

Por que o CDI é importante para o investidor?

Por que CDI é importante

Agora que você já sabe o que é a taxa DI (também conhecido por aí como CDI) e como ela é formada, é importante entender como ela pode afetar a rentabilidade dos seus investimentos. Afinal, o CDI é formado entre os bancos, mas acaba sendo repassado a todo o mercado - investidores e tomadores de dívida.

Quando o CDI sobe, os investimentos em renda fixa rendem mais juros, enquanto as linhas de crédito para pessoas e empresas se tornam mais caras.

Por isso, vamos ver na prática como os dois tipos de investimentos em renda fixa são afetados pelo CDI: os pós-fixados e pré-fixados.

Investimentos pós-fixados

Em um investimento pós-fixado, a rentabilidade é definida em função de alguma taxa de referência do mercado (Selic, DI ou IPCA): você sabe que seus ganhos estão, de alguma forma, atrelados a uma dessas taxas. Ou seja, um investimento pós-fixado acompanha a taxa a qual ele está fixado.

Se você tem um investimento que paga o CDI, caso essa taxa suba, sua rentabilidade também terá um crescimento. Da mesma maneira, se o CDI cair, seu investimento passará a render menos.

Por exemplo: O Banco A emitiu um LCA que paga 100% do CDI. Você investiu R$1.000,00 neste LCA, com vencimento de um ano.

  • Se o CDI acumulado no período foi de 6%, você recebe ao final R$1.060,00.💰
  • Se o CDI acumulado no período foi de 14%, você recebe ao final R$1.140,00.💰💰💰

A grande vantagem de um pós-fixado é que é considerado um investimento de menor risco, já que segue as tendências do mercado, diferente de um pré-fixado, que veremos a seguir.

Investimentos pré-fixados

Em um investimento pré-fixado, a rentabilidade é definida previamente e você já sabe exatamente o valor do montante a receber no dia em que faz a aplicação. Isso significa que a taxa de juros do seu investimento também é definida no início.

Tá, mas e o que o CDI tem a ver com isso? É comum que as pessoas pensem que em um investimento pré-fixado, como a taxa de juros da operação já está definida desde o início, as taxas como CDI e Selic não importem. Para provarmos que estas taxas de fato importam, pense na seguinte situação:

O Banco A emitiu um LCA que paga 8% de juros ao ano. Você investiu R$1.000,00 neste LCA, com vencimento de um ano. Portanto, já é sabido desde o início da operação que o valor que você receberá ao final do ano é R$1.080,00. Foi um bom investimento?Depende:

  • Se o CDI acumulado neste período foi de 6%, seu investimento teve um rendimento acima do mercado, afinal, você ganhou 8%. Portanto, foi um bom negócio! 💰💰💰
  • Se o CDI acumulado neste período foi de 14%, aqueles 8% contratados no início não parecem mais tão interessantes, né? 💰

Basicamente, é uma questão de comparar o quanto você ganha com o quanto poderia estar ganhando!

Para o investidor que conhece melhor o mercado e costuma vender títulos antes do vencimento ou especular, as variações do CDI afetam o valor de venda dos ativos e de contratos futuros, mas isso é conversa para um outro post.

#PraPreguiçosoLer

1 - CDI é...

Um empréstimo entre bancos que dura um dia, chamado de Certificado de Depósito Interbancário.

2 - CDI x Taxa DI?

CDI é a operação de crédito, enquanto a taxa DI é a média diária das taxas de juros dos vários empréstimos entre os bancos. Na prática, é comum chamar a taxa DI de CDI.

3 - CDI x Selic?

A taxa DI e a taxa Selic costumam ser muito próximas e andam juntas. Portanto, quando o governo altera a meta da taxa Selic, o CDI acompanha a subida ou descida da Selic.

4 - Como o CDI afeta meus investimentos?

Ao analisar um investimento em renda fixa, o CDI pode ser importante de duas maneiras:

  • Um investimento pós-fixado geralmente é atrelado a um percentual do CDI. Portanto, se o CDI sobe, a rentabilidade deste investimento sobe também. O mesmo ocorre quando o CDI cai.
  • Para um pré-fixado, o CDI é importante para efeitos de comparação. Como eu sei se uma taxa de X% é boa ou ruim? O quanto eu poderia estar ganhando num pós fixado?

Baixe o aplicativo do Real Valor e conheça seus investimentos. De verdade.

banner-blog-1

E aí, agora você já sabe como o CDI é importante para um investidor? Tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seu comentário aí embaixo!

O que é CDI e como ele impacta seus investimentos?
Share this

Cadastre seu e-mail