/ Renda Variável

Como escolher as ações para investir

Quem decide investir em ações sabe que ir em busca de rentabilidades maiores significa também correr mais riscos. Uma excelente forma de diminuir esse risco e aumentar a rentabilidade é escolhendo boas ações.

O objetivo desse post é mostrar para você quais as práticas mais utilizadas pelos investidores na hora de investir em ações.

Uma frase resume tudo que você precisa saber para fazer dinheiro com ações:

"Compre barato e venda caro"

A principal dificuldade é conseguir saber quando um ativo está "barato" e quando ele está "caro".

Antes de entender como escolher os melhores ativos para fazer dinheiro, é importante saber como diminuir as perdas. Para isso, fuja das armadilhas.

Armadilhas de investir em ações

Efeito manada

Você com certeza já ouviu falar em "efeito manada". Isso acontece quando muitas ordens de venda de um papel fazer o preço dele cair. Com o preço caindo, investidores desavisados correm para vender o mais rápido possível antes que caia mais. Isso faz com que o preço caia mais ainda e assim por diante.
escolheracoes_manada

Efeito manada: os investidores em grupo se comportam como uma manada indo em uma direção.

Efeito disposição

Investidores tendem a vender ativos quando eles se valorizam rápido. Por outro lado, eles tendem a manter os ativos quando eles se desvalorizam por um longo período.

Olhando de forma racional, o melhor a se fazer seria o contrário, mas não é que costuma acontecer.

Isso acontece porque investidores tem grande aversão a perdas. Por isso, eles preferem segurar um papel que está caindo, na esperança que ele volte a subir. Isso também faz com que eles vendam o ativo que performou bem.

Como escolher

Existem diferentes formas de se escolher ações para se comprar. Para começar, você pode adotar uma carteira passiva ou ativa.
di_wtf

Passiva

A escolha passiva de ativos se dá através do investimento em ETFs (Exchange Traded Funds).

ETFs são fundos de investimento que seguem algum índice de mercado. Assim sendo, a carteira de um ETF é exatamente a carteira daquele índice e só muda quando esse índice mudar. Ao invés de escolher ações, você escolhe um índice (que é composto por várias ações) que gostaria de investir.

Uma boa forma de investir na bolsa sem precisar escolher ações é comprar o papel BOVA11. Ele é um ETF de Ibovespa. Quando você compra BOVA11, você está, indiretamente, investindo em todas as ações que compõem o índice Ibovespa.

ETFs são uma forma passiva de investimento, pois não há ninguém decidindo quais ações investir. O fundo simplesmente replica o índice.

Ativa

Na gestão ativa, é você que decide os ativos que vão compor a sua carteira. Para se fazer isso, é importante que se estude os ativos para entender mais a fundo onde você está investindo.
escolheracoes_escolherDuas das análises mais consagradas são a fundamentalista e a técnica. Não necessariamente escolher um significa renunciar o outro.

Análise Fundamentalista

A análise fundamentalista tem como objetivo escolher bons ativos através do estudo de seus fundamentos, isto é, olhar os números e indicadores da empresa. Se uma empresa tem bons números, a tendência que sua ação suba no longo prazo. Warren Buffett é o mais notório investidor fundamentalista.escolheracoes_buffettUm exemplo de um indicador que fundamentalistas gostam de olhar é o P/L. Ele é basicamente o preço dividido pelo lucro. Esse indicador mostra quando uma empresa está barata. Quanto menor o P/L, mais barato o papel está.

Em breve lançarei um post falando mais sobre análise fundamentalista

Um excelente repositório de informações e dados de empresas listadas em bolsa é o Fundamentus.

Análise Técnica

A análise técnica se baseia em analisar gráficos para entender o comportamento do mercado e saber quando se deve comprar ou vender um ativo.
escolheracoes_candle

No fim das contas, o que define o preço de um ativo é a oferta e demanda dos investidores.

Como os investidores nem sempre agem 100% racionalmente, algumas vezes os fundamentos de uma empresa dizem que o preço deveria ir numa direção, mas ele acaba indo em outra.

Na análise técnica, os gráficos de vela são muito usados, pois existem padrões que se repetem e acabam indicando qual a direção que aquele ativo tende a ir.

🧐Não sabe como funciona um gráfico de vela? Fiz um post explicando só para você.

Entendendo esses padrões, é possível entrar e sair de ativos obtendo lucro seguindo o movimento do mercado.

Em breve lançarei um post falando mais sobre análise técnica

Leia isso antes de comprar uma ação

A verdade é que é difícil conseguir escolher as melhores ações possíveis. Mesmo depois de ter escolhido as melhores, é preciso ter disciplina para não cair nas armadilhas citadas no começo do texto.

É importante se manter 100% racional e não deixar a emoção tomar conta. Por isso, é importante que você:

Tenha uma meta

Não importa qual foi a análise que você utilizou, você geralmente chega a um preço alvo que você acredita que aquele ativo é capaz de alcançar. Uma vez que esse preço alvo é atingido é um bom momento para vender o papel.
escolheracoes_meta-1
Investindo assim, você passa a ser mais objetivo e menos suscetível às armadilhas do psicológico humano.

Nunca se apegue a um ativo

escolheracoes_seapegue
O principal objetivo ao investir é fazer mais dinheiro. No momento que o investidor começa a se apegar por um ativo, ele deixa de ter em mente o principal objetivo.

Não é porque você sempre fez dinheiro com um ativo específico que você deve investir nele de novo ou deixar de vende-lo quando ele está caindo.

Deve-se sempre levar em conta a razão para investir.

Fuja do ativo da moda

O grande segredo do mercado é: compre barato e venda caro. Sabe quando um ativo está barato?** Quando ninguém está comentando sobre ele.** Quando o ativo começa a chamar atenção da mídia, o mercado passa a comprá-lo e fazer o seu preço aumentar.

Geralmente quando um ativo começa a entrar na moda já está na hora de vendê-lo.

Isso foi muito visível com Bitcoin. Quem seguiu as manchetes de jornal acabou entrando na onda Bitcoin quando já era tarde demais e acabou perdendo dinheiro.

Não se engane com preço médio

O preço médio é a média do quanto foi gasto em determinado ativo. Se o investidor comprou 100 papeis X a R$10 e depois comprou mais 100 a R$6, seu preço médio é de R$8.

Um erro comum é quando você tem um ativo e ele começa a perder valor. Se não há motivos claros para ele voltar a subir, o certo é sair dele e não comprar mais porque ele está mais barato. Se você compra mais de um ativo ruim porque ele está mais barato, você diminui o preço médio, mas se compromete mais ainda com um ativo ruim.

Monitorar é imprescindível

Mesmo depois de tomar as melhores decisões de investimento, você precisa monitorar seus ativos de perto. As vezes um cenário político/econômico pode mudar e o que era bom pode passar a ser ruim em pouco tempo.

Investir sem acompanhar a sua carteira é como comprar um carro e não fazer revisão. Ele vai funcionar muito bem, mas vai chegar um momento que vai dar problema.
escolheracoes_carro

É para isso não acontecer com seus investimentos que nós criamos o Real Valor. A gente te mostra as principais informações da sua carteira a todo momento no seu celular.

Baixe agora

Como escolher as ações para investir
Share this

Cadastre seu e-mail